Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Fundação Estadual do Meio Ambiente - FEAM

Boletim - Qualidade do Ar

PDFImprimirE-mail

Boletim Diário da Qualidade do Ar atualizado segundo as novas diretrizes estabelecidas na Resolução CONAMA nº 491/2018


O Boletim Diário da Qualidade do Ar tem como objetivo facilitar a divulgação dos dados de monitoramento da qualidade do ar. Para elaboração e divulgação do Boletim é utilizada uma equação para conversão de um valor numérico de concentração de determinado poluente para um valor adimensional, denominado Índice de Qualidade do Ar (IQAr). A partir disso, é atribuído ao índice obtido uma classificação expressa por uma cor e um substantivo (Boa, Regular, Inadequada, Ruim e Péssima) que caracteriza o IQAr. Para cada poluente obtém-se um índice a partir das concentrações dos poluentes monitorados. Utiliza-se o índice mais elevado para a caracterização da qualidade do ar de uma determinada área.

 

A Resolução CONAMA nº 491/2018, que dispõe sobre padrões de qualidade do ar, estabeleceu algumas diretrizes para o cálculo e determinação das faixas do IQAr. O cálculo do IQAr deverá ser feito utilizando a equação 1 do Anexo IV, para cada um dos poluentes monitorados. Para a definição da primeira faixa de concentração do IQAr deverá ser utilizado como limite superior o valor de concentração adotado como Padrão Final (PF) para cada poluente. Ainda, segundo esta Resolução, as demais faixas de concentração do IQAr e padronizações serão definidas em um Guia Técnico, que será publicado em até 12 meses após a entrada em vigor da Resolução.

 

Enquanto aguarda-se a publicação do Guia Técnico, os poluentes contemplados pela estrutura do IQAr exigidos pela legislação em vigor e analisados pela Feam/Gesar são:

    • Partículas Totais em Suspensão (PTS)

    • Partículas Inaláveis (MP10)
    • Partículas inaláveis finas ou respiráveis (MP2,5) – poluente não contemplado na Resolução CONAMA nº 03/1990.

    • Ozônio (O3)

    • Monóxido de carbono (CO)

    • Dióxido de nitrogênio (NO2)

    • Dióxido de enxofre (SO2)

 

Para cada poluente monitorado é calculado o IQAr. Dependendo do valor obtido, o ar recebe uma qualificação, que é uma nota para a qualidade do ar, além de uma cor, conforme apresentado na tabela abaixo:


Tabela IQA FONTE MAIOR

 

A elaboração do IQAr pela Feam/Gesar adotou alguns critérios:

    • O Padrão Intermediário 1 (PI – 1) foi utilizado como limite superior para a faixa Regular;

    • Os valores de Atenção foram utilizados como limite superior para a faixa Ruim;

    • Inclusão do poluente PTS devido à presença de várias estações de monitoramento contínuo da qualidade do ar em áreas com influência da atividade minerária.

O Boletim Diário da Qualidade do Ar, com as novas diretrizes estabelecidas pela Resolução CONAMA nº 491/2018, está disponível no link a seguir.

 

 

 

Localização das estações de monitoramento
 
 
 

Boletim do dia 13 de Junho de 2019, publicado dia 13 de Junho às 11hs 41min

 

FEAM|

Rodovia João Paulo II, 4143, Bairro Serra Verde - CEP 31630-900
Todos os direitos reservados - Aspectos legais e responsabilidades